segunda-feira, outubro 12, 2009

Certificação de computadores para o Windows 7 é rigorosa


A Microsoft sente o fracasso do Vista, e faz de tudo para que o Windows 7 não vá pelo mesmo caminho. O Windows 7 recebeu tanta atenção com seus betas, e mais tarde, com o Release Candidate, sendo testado por um grande número de usuários. Diferente das versões betas anteriores (Windows 98, 2000, XP...) que duravam 1 ou 2 meses, o Windows 7 ofereceu um prazo bem maior. Isso por si só foi positivo para a divulgação "boca a boca" do sistema, num marketing gratuito. E a aprovação dos usuários é muito boa.

Para não quebrar essa aprovação, a MS mudará um pouco a forma de certificar os computadores para o Windows. Geralmente um PC com o selo do Windows chama a atenção de usuários mais antenados, além de empresas. Ele garante que aquela configuração roda o sistema sem problemas.

No tempo do Vista, os computadores poderiam ser certificados para o Windows Vista Home Basic, com o selo "Vista Capable". Porém haviam muitas configurações "básicas" que recebiam o selo, mas na hora "H" acabavam decepcionando - e quem comprou esperava que rodasse bem. Uma das decepções era não rodar todos os recursos, como o relativamente simples "Aero", a interface com as transparências e sombras que usa a placa de vídeo para gerar as imagens.

Agora, para um computador receber o selo "Compatível com Windows 7", precisará ser capaz de rodar todas as edições do Seven - incluindo as versões de 64-bit. O logotipo não é mera questão visual no gabinete do computador ou notebook. A certificação envolve testes de qualidade dos drivers, para garantir que tudo funciona bem na máquina. Quem monta um PC por conta própria não passa por isso, mas depois não pode reclamar se der tela azul porque o chipset onboard da marca "Tal" é uma porcaria.

A obrigatoriedade de rodar sistemas de 64-bit (mesmo que o usuário fique com o de 32 em PCs com menos de 4 GB de RAM) faz parte de uma medida da MS para tornar a arquitetura de 64-bit padrão. Há boatos de que as próximas versões do Windows só serão compiladas para 64-bit.

Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin