sexta-feira, dezembro 28, 2007

Frase do Dia

Um ciclone pode arrasar uma cidade, mas não consegue abrir uma carta
by

quinta-feira, dezembro 27, 2007

Frase do Dia

Deve valorizar-se a opinião dos estúpidos: são a maioria
by Tolstoi, Léon

quinta-feira, dezembro 13, 2007

segunda-feira, dezembro 10, 2007

ABest Mobile Video Converter Free 3.72



ABest Mobile Video Converter Free é uma ferramenta de conversão, separação e edição tudo-em-um de video. O Mobile Video Converter consegue extrair faixas de audio de video bem como codificar ficheiros de video de um formato para outro.

O programa reconhece e permite a conversão para formatos de video como PMP, PSP, PPC e xBox e imagem. As faixas extraidas de videos poderão ser gravadas nos formatos MP3, AC3, WAV.



Pontos-chave do ABest Mobile Video Converter Free:

· Suporte na conversão de AVI, Divx, ASF, WMV, WMA, MPEG, MOV, QT, RM, RMVB, VCD, DVD para Sony PSP, Microsoft Xbox, Pocket PC, Portable Media Player ect. Mobile video.
· Suporte na conversão de ficheiros AVI, Divx, ASF, WMV, WMA, MPEG, MOV, QT, RM, RMVB, VCD, DVD para MP3, WMA, WAV, MP2.
· Suporte na conversão de videos AVI, Divx, ASF, WMV, WMA, MPEG, MOV, QT, RM, RMVB, VCD, DVD para GIF animados e GIF, BMP, EPS, JPG, PCX, PSD, PDF, TIFF, WMF, EMF, PNG, J2K IMAGE .
· Bastante rápido na conversão
· Amigo do utilizador, pela facilidade de utilização do programa
· Sem necessidade de conhecimentos técnicos


Requisitos: Intel Pentium II 350MHz ou superior


Limitações: 50% de conversão de ficheiros, um Nag screen

Objectivo deste Blog

Bem o Objectivo deste blog e Guardar Textos / Links / Tuturiais etc.. que me possam vir dar geito um dia e como se fosse um arquivo onde ia guardando a informação recolhida que vou encontrar pela net não tenho nenhuma intenção de quebrar direitos de autor ou link mas sim preservar os dados aqui guardados. Caso alguém se oponha a algum "post" "Copy Past" em neste blog que avise.

LANÇAMENTO DIGITAL SOURCE - Jorge Amado - O Cavaleiro da Esperança

Título: O Cavaleiro da Esperança
Autor: Jorge Amado
Gênero: Romance / Biografia
Editora: Record
É a história da vida do chefe da famosa Coluna Prestes que, em 1924, partindo de Santo Ângelo, no Rio Grande do Sul, realiza uma marcha de cerca de trinta mil quilômetros pelo interior do Brasil, atravessando as regiões do Centro, do Nordeste e do Norte, até o Maranhão, daí retornando rumo Sul e Oeste, para afinal ir asilar-se na Bolívia. Mais uma exaltação à luta pela liberdade e de repúdio à opressão do que propriamente uma biografia, O cavaleiro da esperança foi escrito num momento em que as circunstâncias eram excepcionais: o Brasil estava sob a ditadura estado-novista e o mundo sofria a guerra nazifascista. Era imperioso que a dignidade humana se opusesse, de toda maneira, aos inimigos do direito, da justiça, do progresso. O novelista, exilado no Prata, não vacilou em dar a sua contribuição ao esforço de todos quantos se empenhavam na defesa dos direitos humanos.

LANÇAMENTO DIGITAL SOURCE - G. H. Ephron - Delírio

10
Dez


Título: Delírio
Autor: G. H. Ephron
Gênero: Suspense
Especialista no estudo da mente e do comportamento, Peter Zak é requisitado pelo advogado criminalista Chip Ferguson para avaliar o estado mental de um cliente. Nick Babikian encontrara a esposa esfaqueada e boiando na piscina da casa, e sabe que as suspeitas recairão sobre si. Nick jura que é inocente, mas não tem nenhuma prova, a não ser sua declaração de que a esposa estava tendo um caso com outro homem - o pai do filho que ela estava esperando. À medida que a investigação progride, Zak se identifica cada vez mais com Nick - no passado, seu diagnóstico no tribunal sobre a condição psíquica de um réu levara um criminoso a buscar vingança assassinando brutalmetne a esposa de Zak. Agora, tudo o leva a crer que esse mesmo homem, de alguma forma lhe esteja atormentando a sua vida: sua casa é misteriosamente invadida, e uma peça de cerâmica que pertencera a sua esposa lhe é enviada em pedaços. Perdido, confuso entre a realidade e seus próprios delírios, Zak tem pouco tempo para juntar as peças de um intrincado quebra-cabeça e desmascarar um assassino perigoso, que não pensará duas vezes antes de destruí-lo.

ISO Recorder: crie e grave imagens ISO facilmente

Txt Down :P

domingo, dezembro 09, 2007

Este ano sou o 1º a desejar Bom Natal e Ano Novo....

Canibalismo....

Tá demais...


> >1 cigano, 1 angolano e 1 português perdidos no Alasca sem
> >ter o que comer resolveram cortar o próprio corpo.
> >No almoço, o cigano cortou uma das suas pernas e disse:
> >"Agora temos pernil para comer"
> >
> >No jantar foi a vez do angolano que cortou um pedaço das
> >suas costas e disse:
> >"Temos lombinho de porco preto"
> >
> >Às 11 da noite chegou a vez do português e ao tirar a pila
> >para fora, o cigano e o preto gritam:
> >"Que Bom!!! Temos Chouriço Assado !"
> >
> >E diz o português:
> >"Chouriço Assado...o caralho ! ....Vão Beber leitinho , xixi e dormir!"

quinta-feira, dezembro 06, 2007

Windows Server é para servidor

Windows Server 2003.Dia desses surgiu no fórum um tópico citando um texto publicado no UOL, de autoria do Paulo Rebelo, recomendando o Windows Server 2003.

Esta versão do Windows, sucessor direto do Windows 2000 Server Edition, foi lançada em abril de 2003 e, como o próprio nome denuncia, é destinada a servidores, computadores poderosos e que, em regra, são usados para aplicações críticas e/ou gerenciamento de quantidades absurdas de dados. Justamente por terem essa finalidade, as versões do Windows destinadas a servidores recebem refinamentos e ajustes no sentido de serem mais confiáveis, mais estáveis, e executarem tarefas com mais agilidade.

Um sonho, não? A base do Windows Server 2003 é a mesma do XP, então, seguindo a lógica, aquele é uma versão melhorada deste. Sendo assim, por que diabos ninguém usa o Windows para servidores, ao invés do XP velho de guerra?

São vários motivos. O mais forte e que barra a maior parte das tentativas de utilizá-lo é o preço. Para se ter idéia do quão caro é este sistema, o preço de uma das edições mais “simples”, a Standard, passa os R$ 3.000,00. Agora, me diga: se muitos já reclamam dos R$ 300,00 da versão OEM do Vista Home Premium, o que dizer de um valor dez vezes maior?

O segundo ponto versa sobre a interface não voltada para o usuário doméstico. O Windows Server 2003 vem seco, sem absolutamente nada útil ao uso cotidiano da maioria das pessoas, se nada voltado à multimídia, nada de softwares casuais, etc. Jogos e vídeos? Só habilitando a aceleração de vídeo, que vem desativada por padrão (afinal, não se joga nem Paciência num servidor). Essas são apenas algumas das lacunas que o sistema apresenta para quem tenta utilizá-lo em casa. Há tutoriais, inclusive no fórum, que ensinam como deixar o sistema mais amigável. Ou, em outras palavras, como “xispêlizá-lo”. E isso engraçado: foge-se do XP para o Server, mas tenta-se a todo custo transformar este naquele. Não é mais fácil usar o XP de uma vez?

Mas e se você tem um servidor doméstico, ou pretende adquirí-lo? Esta lacuna foi preenchida recentemente pela Microsoft, com o lançamento do Windows Home Server. Note que, ainda assim, ele é destinado para um servidor. Doméstico, mas ainda assim, um servidor.

Nada impede alguém de utilizar o Windows Server 2003. Estando ciente do que encontrará, e pagando (afinal, pirataria não rola, né?), qualquer um pode instalá-lo em seu PC. Só acho errado dizer, especialmente num portal de dimensões enormes como o UOL, que o Windows Server é o Olimpo, o tesouro perdido que a Microsoft esconde dos pobres usuários domésticos, restringindo-o apenas aos servidores. É um sistema para servidores, e pronto. Usá-lo em ambiente doméstico é o mesmo que utilizar um navegador web para visualizar imagens, ou o WordPad para redigir um trabalho escolar: dar, até dá, mas que é anormal, isso é.



Fonte WinAjuda

terça-feira, dezembro 04, 2007

SE CONTINUAR AUMENTANDO O COMBUSTÍVEL...

Esta é GENiAL :)

Esta é GENiAL :)



Em África...

Um dia, numa expedição, um cachorrinho começa a brincar entretido a
caçar borboletas e quando se dá conta já está muito longe do grupo do
safari.


Nisto vê bem perto uma pantera a correr na sua direcção. Ao perceber
que a pantera o vai devorar, pensa rapidamente no que fazer. Vê uns
ossos de


um animal morto e põe-se a mordê-los.


Então, quando a pantera está quase a atacá-lo, o cachorrinho diz:


"Ah, estava deliciosa esta pantera que acabo de comer!"


A pantera pára bruscamente e desaparece apavorada pensando:


"Que cachorro corajoso! Por pouco não me comia também!"
Um macaco que estava numa árvore perto e que tinha assistido à cena,
vai a correr atrás da pantera para lhe contar como foi enganada pelo
cachorro.


Então, a pantera furiosa diz:


"Maldito cachorro! Agora vamos ver quem come quem!"
"Depressa!" - disse o macaco. - "Vamos alcançá-lo."
O cachorrinho vê que a pantera vem de novo atrás dele com o macaco às
cavalitas ... "O que faço agora?" O cachorrinho, em vez de fugir,
senta-se de costas para a pantera como a não visse e, quando esta está
quase a atacá-lo, diz:


"Raios partam o maldito macaco! Há meia hora que eu o mandei trazer-me
outra pantera e ele ainda não voltou!"


Moral da história:
"Em momentos de crise, a imaginação é mais importante que o conhecimento"





Albert Einstein

ESSA É BOA...

O CACHORRO VELHO


Uma velha senhora foi para um safari na África e levou seu velho vira-lata com ela.
Um dia, caçando borboletas, o velho cão, de repente, deu-se conta de que
estava perdido.
Vagando a esmo, procurando o caminho de volta, o velho cão percebe que um jovem leopardo o viu e caminha em sua direção, com intenção de conseguir um bom almoço.
O cachorro velho pensa:
-"Oh! Estou mesmo enrascado ! Olhou à volta e viu ossos espalhados no
chão por perto. Em vez de apavorar-se mais ainda, o velho cão ajeita-se junto ao osso mais próximo, e começa a roê-lo, dando as costas ao predador.
Quando o leopardo estava a ponto de dar o bote, o velho cachorro exclama bem alto :
-Cara, este leopardo estava delicioso ! Será que há outros por aí ?
Ouvindo isso, o jovem leopardo, com um arrepio de terror, suspende seu
ataque, já quase começado, e se esgueira na direção das árvores.
-Caramba! pensa o leopardo, essa foi por pouco ! O velho vira-lata quase me
pega!
Um macaco, numa árvore ali perto, viu toda a cena e logo imaginou como fazer
bom uso do que vira: em troca de proteção para si, informaria ao predador
que o vira-lata não havia comido leopardo algum...
E assim foi, rápido, em direção ao leopardo. Mas o velho cachorro o vê
correndo na direção ao predador, em grande velocidade, e pensa:
-Aí tem coisa!
O macaco logo alcança o felino, cochicha-lhe o que interessa e faz um acordo com o leopardo.
O jovem leopardo fica furioso por ter sido feito de bobo, e diz:
-"Aí, macaco! Suba nas minhas costas para você ver o que acontece com aquele cachorro abusado!"
Agora, o velho cachorro vê um leopardo furioso, vindo em sua direção, com um macaco nas costas, e pensa:
-E agora, o que é que eu posso fazer ?
Mas, em vez de correr ( sabe que suas pernas doídas não o levariam
longe), o cachorro senta, mais uma vez dando costas aos agressores, e fazendo de conta que ainda não os viu, e quando estavam perto o bastante para ouvi-lo, o velho cão diz:

-"Cadê o safado daquele macaco? Estou com fome! Eu o mandei buscar outro
leopardo para mim! "


Moral da história:


Não mexa com cachorro velho... idade e habilidade se sobrepõem à juventude e intriga. Sabedoria só vem com idade e experiência.

Se você não mandar essa fábula a 5 "velhos" amigos já, já, haverá menos 5 pessoas rindo no mundo. É claro, que eu não estou, de modo algum, insinuando que você esteja velho(a). Apenas um tantinho assim mais experiente.
Ou você não percebeu o tamanho da letra?

Engates à moda do oPorto ...

Cão à..... Bairrada.... :(


Os ataques de coração

Os ataques de coração

Uma Nota importante sobre os ataques cardíacos

Fiquem a saber que há outros sintomas de ataques cardíacos, para além da dor no braço esquerdo: devem também prestar atenção a uma dor intensa no queixo, assim como às náuseas e aos suores abundantes, pois estes também são sintomas vulgares

Pode-se não sentir nunca uma primeira dor no peito, durante um ataque cardíaco. 60% das pessoas que tiveram um ataque cardíaco enquanto dormiam, já não se levantaram. Mas a dor no peito, pode acordá-lo dum sono profundo.

Se assim for, dissolva imediatamente duas Aspirinas na boca e engula-as com um bocadinho de água. Ligue para o 112 e diga 'ataque cardíaco' e que tomou 2 Aspirinas.
Sente-se numa cadeira ou sofá e espere pelo 112

NÃO SE DEITE!!!!

Um cardiologista disse que, se cada pessoa que receber este mail o enviar a 10 pessoas, se pode ter a certeza de que se salvará pelo menos uma vida! J á fiz a minha parte!!!!

Às compras no Feira Nova

É realmente desgastante que algumas pessoas vistam-se de qualquer maneira quando vão as compras.

Noutro dia estava eu no Feira Nova e acreditas que vi um gajo vestido de umas calças azuis tão feias, tão feias que o fotografo dentro de mim não resistiu em tirar-lhe uma fotografia, para partilhar contigo. Veja só

EU DISSE CALÇAS AZUIS seus pervertidos !

Alta Queca






Sem comentários Possíveis

Redassão: "O mano"

Redassão: "O mano"

Quando eu tiver um mano, vai-se chamar Herrare, porque Herrare é o mano.

Fim.

A partir de 1 de Janeiro, fumar só ao ar livre!!

Direcção-Geral da Saúde
Circular Informativa
Assunto:
Perguntas e respostas acerca da Lei 37/2007, de 14 de Agosto
Nº: 28/DICES
DATA: 16/08/07
Para:
Todos os serviços dependentes do Ministério da Saúde
Contacto na DGS:
Drª. Emilia Nunes – Direcção de Serviços de Promoção e Protecção da Saúde;
Dr. Mário Freitas – Divisão de Informação, Comunicação e Educação para a Saúde.
Foi publicada no dia 14 de Agosto, no Diário da República, 1.ª série — N.º 156, a Lei n.º 37/2007, que aprova normas para a protecção dos cidadãos da exposição involuntária ao fumo do tabaco e medidas de redução da procura relacionadas com a dependência e a cessação do seu consumo.
A Direcção-Geral da Saúde, no sentido de facilitar o esclarecimento acerca da Lei ora publicada, tanto de profissionais de saúde como dos cidadãos em geral, no uso das suas competências, entende ser oportuno divulgar, através da presente Circular, um breve resumo da Lei nº 37/2007, usando para tal a metodologia “Perguntas & Respostas”, não dispensando a consulta integral da Lei.
Neste sentido, a Direcção-Geral da Saúde, informa:
Pergunta 1: Quando entra a Lei 37/2007 em vigor?
Resposta 1: A Lei 37/2007, de 14 de Agosto, entra em vigor a 1 de Janeiro de 2008.
Pergunta 2: Quais são os locais onde é proibido fumar?
Resposta 2: É proibido fumar:
1. Nos locais onde estejam instalados órgãos de soberania, serviços e organismos da administração pública e pessoas colectivas públicas;
2. Nos locais de trabalho;
3. Nos locais de atendimento directo ao público;
4. Nos estabelecimentos onde sejam prestados cuidados de saúde, e outros similares, laboratórios, farmácias e locais onde se dispensem medicamentos não sujeitos a receita médica;
5. Nos lares e outras instituições que acolham pessoas idosas ou com deficiência ou incapacidade;
6. Nos locais destinados a menores de 18 anos,
7. Nos estabelecimentos de ensino, independentemente da idade dos alunos
8. Nos centros de formação profissional;
9. Nos museus, colecções visitáveis bibliotecas, salas de conferência, de leitura;
10. Nas salas e recintos de espectáculos e de diversão;
11. Nas zonas fechadas das instalações desportivas;
12. Nos recintos das feiras e exposições;
Direcção-Geral da Saúde Circular Informativa
2
13. Nos conjuntos e grandes superfícies comerciais e nos estabelecimentos comerciais de venda ao público;
14. Nos estabelecimentos hoteleiros;
15. Nos estabelecimentos de restauração, de bebidas ou dança;
16. Nas cantinas, nos refeitórios e nos bares;
17. Nas áreas de serviço e postos de abastecimento de combustíveis;
18. Nos aeroportos, nas estações ferroviárias, nas estações rodoviárias de passageiros e nas gares marítimas e fluviais;
19. Nas instalações do metropolitano;
20. Nos parques de estacionamento cobertos;
21. Nos elevadores, ascensores e similares;
22. Nas cabines telefónicas fechadas;
23. Nos recintos fechados das redes de levantamento automático de dinheiro;
24. Em qualquer outro lugar, onde por determinação da gerência, ou de outra legislação aplicável, designadamente em matéria de prevenção de riscos ocupacionais, se proíba fumar.
25. É ainda proibido fumar nos veículos afectos aos transportes públicos urbanos, suburbanos e interurbanos de passageiros, bem como nos transportes rodoviários, ferroviários, aéreos, marítimos e fluviais, nos serviços expressos, turísticos e de aluguer, nos táxis, ambulâncias, veículos de transporte de doentes e teleféricos.
Pergunta 3: Que requisitos deverão ter os locais onde é admitido fumar?
Resposta 3:
1. Estejam devidamente sinalizadas, com afixação de dísticos em locais visíveis;
2. Sejam separadas fisicamente das restantes instalações, ou disponham de dispositivo de ventilação;
3. Seja garantida a ventilação directa para o exterior.
Pergunta 4: Com estes requisitos, existem locais onde é admitido fumar?
Resposta 4: Com estes requisitos:
1. Podem ser criadas áreas exclusivamente destinadas a pacientes fumadores em Hospitais e serviços psiquiátricos, centros de tratamento e reabilitação e unidades de internamento de toxicodependentes e de alcoólicos;
2. Para reclusos fumadores, em estabelecimentos prisionais, unidades de alojamento, em celas ou camaratas, para reclusos fumadores.
3. Pode ser permitido fumar em áreas expressamente previstas para o efeito:
3.1. Nos locais onde estejam instalados órgãos de soberania, serviços e organismos da administração pública e pessoas colectivas públicas;
3.2. Nos locais de trabalho;
3.3. Nos lares e outras instituições que acolham pessoas idosas ou com deficiência ou incapacidade;
3.4. Nas salas e recintos de espectáculos e noutros locais destinados à difusão das artes e do espectáculo, incluindo as antecâmaras, acessos e áreas contíguas;
3.5. Nos recintos de diversão e recintos destinados a espectáculos de natureza não artística;
3.6. Nos recintos das feiras e exposições;
3.7. Nos conjuntos e grandes superfícies comerciais e nos estabelecimentos comerciais de venda ao público;
Direcção-Geral da Saúde Circular Informativa
3
3.8. Nos estabelecimentos hoteleiros e outros empreendimentos turísticos, onde sejam prestados serviços de alojamento;
3.9. Nos aeroportos, nas estações ferroviárias, nas estações rodoviárias de passageiros e nas gares marítimas e fluviais;
3.10. Nos estabelecimentos de ensino que integrem o sistema de ensino superior
3.11. Nos centros de formação profissional que não sejam frequentados por menores de 18 anos.
4. Nos estabelecimentos de restauração ou de bebidas, incluindo os que possuam salas ou espaços destinados a dança, com área destinada ao público inferior a 100 m2, o proprietário pode optar por estabelecer a permissão de fumar que deve, sempre que possível, proporcionar a existência de espaços separados para fumadores e não fumadores.
5. Nos estabelecimentos de restauração ou de bebidas, incluindo os que possuam salas ou espaços destinados a dança, com área destinada ao público igual ou superior a 100 m2, podem ser criadas áreas para fumadores, até um máximo de 30% do total respectivo, ou espaço fisicamente separado não superior a 40% do total respectivo, e não abranjam as áreas destinadas ao pessoal.
6. Nos estabelecimentos hoteleiros e outros empreendimentos turísticos, onde sejam prestados serviços de alojamento, podem ser reservados andares, unidades de alojamento ou quartos para fumadores, até um máximo de 40% do total respectivo,
Salvo excepção (ver anteriores), é admitido fumar:
1. Nas áreas ao ar livre;
2. Nas áreas de serviço e postos de abastecimento de combustíveis é admitido fumar nas áreas ao ar livre, com excepção das zonas onde se realize o abastecimento de veículos.
3. Nas áreas descobertas nos barcos afectos a carreiras marítimas ou fluviais.
Pergunta 5: Quem define as áreas para fumadores?
Resposta 5: A definição das áreas para fumadores cabe às entidades responsáveis pelos estabelecimentos em causa, devendo ser consultados os respectivos serviços de segurança, higiene e saúde no trabalho e as comissões de segurança, higiene e saúde no trabalho, ou, na sua falta, os representantes dos trabalhadores para a segurança, higiene e saúde no trabalho.
Pergunta 6: Quem deve assinalar a interdição ou o condicionamento de fumar?
Resposta 6: A interdição ou o condicionamento de fumar devem ser assinalados pelas respectivas entidades competentes, mediante a afixação de dísticos; as áreas onde é permitido fumar são identificadas mediante afixação de dísticos. O dístico deve conter o montante da coima máxima aplicável aos fumadores que violem a proibição de fumar e devem ser afixados de forma a serem visíveis a partir do exterior dos estabelecimentos.
Pergunta 7: Quem deve determinar aos fumadores que se abstenham de fumar, sempre que se verifiquem infracções?
Resposta 7: Sempre que se verifiquem infracções as entidades que têm a seu cargo os locais devem determinar aos fumadores que se abstenham de fumar e, caso estes não cumpram, chamar as autoridades administrativas ou policiais, as quais devem lavrar o respectivo auto de notícia.
Direcção-Geral da Saúde Circular Informativa
4
Pergunta 8: Que podem fazer os utentes sempre que se verifiquem infracções?
Resposta 8: Todos os utentes dos locais referidos têm o direito de exigir o cumprimento da Lei podendo apresentar queixa por escrito, circunstanciada, usando para o efeito, nomeadamente, o livro de reclamações disponível no estabelecimento em causa.
Pergunta 9: Onde é proibida a venda de produtos do tabaco?
Resposta 9: É proibida a venda de produtos do tabaco:
1 - Nos locais onde estejam instalados órgãos de soberania, serviços e organismos da administração pública e pessoas colectivas públicas;
2 - Nos estabelecimentos onde sejam prestados cuidados de saúde, e outros similares, laboratórios, farmácias e locais onde se dispensem medicamentos não sujeitos a receita médica;
3 - Nos lares e outras instituições que acolham pessoas idosas ou com deficiência ou incapacidade, Nos locais destinados a menores de 18 anos,
4 - Nos estabelecimentos de ensino, independentemente da idade dos alunos
5 - Nos centros de formação profissional;
6 - Nas cantinas, nos refeitórios e nos bares;
7 - Através de máquinas de venda automática, sempre que estas não reúnam cumulativamente os seguintes requisitos:
a. Estejam munidas de um dispositivo electrónico ou outro sistema bloqueador que impeça o seu acesso a menores de 18 anos;
b. Estejam localizadas no interior do estabelecimento comercial, de forma a serem visualizadas pelo responsável do estabelecimento, não podendo ser colocadas nas respectivas zonas de acesso, escadas ou zonas similares e nos corredores de centros comerciais e grandes superfícies comerciais;
8 - A menores com idade inferior a 18 anos, a comprovar, quando necessário, por qualquer documento identificativo com fotografia;
9 - Através de meios de televenda.
Pergunta 10: Qual o regime sancionatório previsto?
Resposta 10: Estão previstas as seguintes contra-ordenações:
1 - De € 50 a € 750, para o fumador;
2 - De € 50 a € 1 000, de 2500 a 10 000€, de 10 000 a 30 000€ ou de 30 000 a 250 000€, consoante a infracção, para os proprietários dos estabelecimentos privados, pessoas colectivas, sociedades ainda que irregularmente constituídas, ou associações sem personalidade jurídica, bem como para os órgãos directivos ou dirigentes máximos dos organismos, estabelecimentos ou serviços da administração pública que violem o disposto;
3 - A negligência é punível, sendo os limites mínimos e máximos das coimas aplicáveis reduzidos a metade.
O Director-Geral da Saúde,
Francisco George

segunda-feira, dezembro 03, 2007

Cheats Need For Speed Pro Street (PS2)(PS3)(Wii)(PC)(XBOX 360)

ATENÇÃO: OS CHATS A SEGUIR SERVEM PARA TODOS OS CONSOLES.

Modalidade Cheats (fraude)

“dê entrada no menu código” sob opções na modalidade da carreira, dão entrada a um dos seguintes códigos para ativar a função correspondente da fraude:

1- Incorpore “UNLOCKALLTHINGS” como um código para destravar todos os mapas, carros, e mais.

2- Incorpore “1MA9X99” como um código para começar uns $2.000 extra na modalidade da carreira. Nota: Este código pode somente ser usado uma vez. Conseqüentemente recomenda-se que a opção do auto-save seja disabled antes de usar o código no evento que você deseja revert o jogo a seu estado original.

3- Incorpore “W2iOLLO1” como um código para começar uns $4.000 extra na modalidade da carreira. Nota: Este código pode somente ser usado uma vez. Conseqüentemente recomenda-se que a opção do auto-save seja disabled antes de usar o código no evento que você deseja revert o jogo a seu estado original.

4- Incorpore “L1iS97A1” como um código para começar uns $8.000 extra na modalidade da carreira. Nota: Este código pode somente ser usado uma vez. Conseqüentemente recomenda-se que a opção do auto-save seja disabled antes de usar o código no evento que você deseja revert o jogo a seu estado original.

5- Incorpore “CASHMONEY“, “REGGAME“, ou “1Mi9K7E1” como um código para começar uns $10.000 extra na modalidade da carreira. Nota: Este código pode somente ser usado uma vez. Conseqüentemente recomenda-se que a opção do auto-save seja disabled antes de usar o código no evento que você deseja revert o jogo a seu estado original. Cinco marcadores livres do reparo

6- Incorpore “SAFETYNET” como um código para começar cinco marcadores livres do reparo na modalidade da carreira. Nota: Este código pode somente ser usado uma vez. Conseqüentemente recomenda-se a opção do auto-save seja disabled antes de usar o código no evento que você deseja revert o jogo a seu estado original. Audi Tt 3.8 Quattro

7- Incorpore “ITSABOUTYOU” como um código para destravar o Audi TT 3.8 Quattro na modalidade da carreira. Coke O Golf Zero GTI De Volkswagen

8- Incorpore “ZEROZEROZERO” como um código para destravar o coke zero golf GTI de Volkswagen na modalidade da carreira. Víbora SRT10 Do Rodeio Do Lítio Do Energizer

9- Incorpore “WORLDSLLONGESTLASTING” como um código para destravar a víbora SRT10 do rodeio do lítio do energizer na modalidade da carreira. Evolução De Mitsubishi Lancer

10- Incorpore “MITSUBISHIGOFAR” como um código para destravar a evolução de Mitsubishi Lancer na modalidade da carreira. Decalque de Castrol Syntec

11- Incorpore “CASTROLSYNTEC” como um código para destravar o decalque de Castrol Syntec nos vinis. Decalque do lítio do energizer

12- Incorpore “ENERGIZERLITHIUM” como um código para destravar o decalque do lítio do energizer nos vinis. Decalque de K&N

13- Incorpore “HORSEPOWER” como um código para destravar o decalque de K&N nos vinis. Desconhecido

14- Incorpore “LEIPZIG” como um código.

Bônus de Prequel (NÃO FUNCIONA COM PC)

Se você tiver um jogo salvo do need for speed carbon salvo no seu cartão de memoria você começará o Pro Street com 3 tickets adicionais de reparo.

Dragster Recomendado

O melhor dragster é o Nissan 240SX. A primeira possibilidade que você começa, faz ao 240SX sua escolha do arrasto. Posto sobre todas as melhores peças do desempenho você pode ter recursos para. Recorde, você necessitam muitos da velocidade e da tração. Após você comece ajustar registros de trilha novos, você será convidado para competir Karol Monroe o rei do arrasto.

Ipod (rir)... podi até chórá...


Contada assim pelos amigos brasucas vale a pena:

Os primos da cidade foram passar o Natal com os parentes do sítio.
Alguns dias depois após o Natal, tava lá o primo da cidade esnobando
com o primo caipira o que tinha ganhado de presente. Aí o primo da
cidade, querendo se mostrar ao pobre, falou:
- Primo, viu o que eu ganhei de presente? Um 'Ipod'! Espetacular.

O primo caipira retrucou:
- Bão primo, muito bão!!

Aí o da cidade perguntou:
- Como bom, primo! O que foi que você ganhou?
- Ganhei isso aí tamém, uai.

Mas, quem te deu?
- Minha prima. A tua irmã.
- E de que marca era?
- Sei lá, primo. Nóis dois tava onte na cachoera nadando pelado. Eu
cheguei por trás dela e costei. Ela virou pra mim e falou: "Aí Pode!"

Aí eu ponhei, uai. É bão demais, primo. Agora, se tem marca, eu sei
não; eu conheço como cú.



Fonte Email


"Rui Rodrigues"

Netiquette ou network etiquette etiqueta da rede

Netiquette ou network etiquette ( traduzindo, “etiqueta da rede” ) é a lista do que é ok fazer e do que não é ok fazer na comunicação online. São regras simples que devem ser seguidas a fim de facilitar a troca de mensagens e informações entre os internautas, conservando um máximo de respeito e cordialidade nesta grande convivência virtual.

Regra 1: Quando comunicas através da Internet, tudo o que vês é uma tela de computador. Não podes usar expressões faciais, tons de voz ou gestos para complementares a tua mensagem. Tudo o que tens são palavras. Então, muito cuidado com elas. Escreve e reescreve as tuas mensagens pensando em não deixar margens para interpretações dúbias. Pensa também que quem vai recebê-las é um ser humano com sentimentos e emoções. Quanto mais cordiais as tuas mensagens forem, sem deixarem de ser verdadeiras, melhor!

Regra 2: Além de ser cordial, tem cuidado com o que escreves. Quando comunicas pela Internet, seja por email ou através de listas de discussão, as tuas palavras podem ser enviadas para terceiros e/ou armazenadas nos portáteis dos destinatários, fora do teu controle. Evita escrever (e fazer!) algo que te possa comprometer no futuro.

Regra 3: Comporta-te na Internet como te comportas fora dela. Sê ético e não infrinjas as leis.

Regra 4: Conhece o terreno. Esta regra é especialmente importante quando se está a participar em listas de discussões. Passa um período apenas a “escutar” o que os outros têm a dizer. Assim percebes o tom de “cada lista” e a tua participação poderá ser mais apropriada e rica.

Regra 5: Não desperdices o tempo nem a bandwidth dos outros internautas. Selecciona adequadamente os destinatários de cada uma das tuas mensagens. Não te envolvas em determinadas discussões online (sabe quando a discussão deixou de ser produtiva). Ao construíres o teu website, não o enchas com ilustrações pesadas que provocarão lentidão na tua navegação.

Regra 6: Tem atenção com a gramática e com a ortografia na hora de redigires as tuas mensagens. Toda a tua comunicação será exclusivamente escrita, não te esqueças. Várias pessoas irão conhecê-lo através da Internet e é bom que tenham uma boa impressão tua, certo?

Regra 7: Tem atenção com o conteúdo das tuas mensagens. Escreve sobre o que sabes ou simplesmente faz perguntas. Informação incorrecta passada via email pode atingir um número imprevisto de pessoas e deixá-lo(a) numa situação constrangedora- evite isso.

Regra 8: Confirmando o que tu já deves intuir: não use palavrão de espécie alguma nas tuas mensagens.

Regra 9: Não escrevas palavras inteiramente com letras maiúsculas nas tuas mensagens. Usadas para chamar a atenção em peças publicitárias e malas- directas tradicionais, letras maiúsculas significam que tu estás “gritando” a palavra escrita. O que não é de bom tom, concordas?

Regra 10: Compartilha o teu conhecimento pela Internet. Envia emails, constrói o teu próprio website, troca experiências com experts. Compartilhar o conhecimento dá grande prazer. Compartilhar o conhecimento é tradição na Internet desde o seu início. Compartilhando o conhecimento, estamos contribuindo para o enriquecimento cultural das pessoas e povos e tornando o mundo um melhor lugar de se viver.

Regra 11: Não leias o email de outras pessoas. Respeite a privacidade de cada um.

Regra 12: Não faças spams. Spam é o envio de emails comerciais não solicitados- um grave erro e fonte de problemas na Internet.

Regra 13: Ao responderes a um email, mantém o email original do remetente para facilitar a compreensão da mensagem.

Regra 14: Não envies arquivos com vírus nos teus emails. Não faças aos outros o que não gostarias que te fizessem a ti.

Agora já te podes iniciar na Internet sabendo de antemão quais são as regras da polidez online. Isso vai garantir-te tranquilidade e evitar dissabores, não tenhas dúvidas!

ELES ESTÃO DOIDOS!

ELES ESTÃO DOIDOS!

A meia dúzia de lavradores que comercializam directamente os seus produtos e que sobreviveram aos centros comerciais ou às grandes superfícies vai agora ser eliminada sumariamente.
Os proprietários de restaurantes caseiros que sobram, e vivem no mesmo prédio em que trabalham, preparam-se, depois da chegada da fast food, para fechar portas e mudar de vida.
Os cozinheiros que faziam a domicílio pratos e petiscos, a fim de os vender no café ao lado e que resistiram a toneladas de batatas fritas e de gordura reciclada, podem rezar as últimas orações.
Todos os que cozinhavam em casa e forneciam diariamente, aos cafés e restaurantes do bairro, sopas, doces, compotas, rissóis e croquetes, podem sonhar com outros negócios.
Os artesãos que comercializam produtos confeccionados à sua maneira vão ser liquidados.

cid:image001.jpg@01C83148.4C801D50

A solução final vem aí.
Com a lei, as políticas, as polícias, os inspectores, os fiscais, a imprensa e a televisão.
Ninguém, deste velho mundo, sobrará.

Quem não quer funcionar como uma empresa, quem não usa os computadores tão generosamente distribuídos pelo país, quem não aceita as receitas harmonizadas, quem recusa fornecer-se de produtos e matérias-primas industriais e quem não quer ser igual a toda a gente está condenado. Estes exércitos de liquidação são poderosíssimos: têm Estado-maior em Bruxelas e regulam-se pelas directivas europeias elaboradas pelos mais qualificados cientistas do mundo; organizam- se no governo nacional, sob tutela carismática do Ministro da Economia e da Inovação, Manuel Pinho; e agem através do pessoal da ASAE, a organização mais falada e odiada do país, mas certamente a mais amada pelas multinacionais da gordura, pelo cartel da ração e pelos impérios do açúcar.

Em frente à faculdade onde dou aulas, há dois ou três cafés onde os estudantes, nos intervalos, bebem uns copos, conversam, namoram e jogam às cartas ou ao dominó.
Acabou!
É proibido jogar!

Nas esplanadas, a partir de Janeiro, é proibido beber café em chávenas de louça, ou vinho, águas, refrigerantes e cerveja em copos de vidro.
Tem de ser em copos de plástico.

Vender, nas praias ou nas romarias, bolas de Berlim ou pastéis de nata que não sejam industriais e embalados?
Proibido.

Nas feiras e nos mercados, tanto em Lisboa e Porto, como em Vinhais ou Estremoz, os exércitos dos zeladores da nossa saúde e da nossa virtude fazem razias semanais e levam tudo quanto é artesanal: azeitonas, queijos, compotas, pão e enchidos.

Na província, um restaurante artesanal é gerido por uma família que tem, ao lado, a sua horta, donde retira produtos como alfaces, feijão verde, coentros, galinhas e ovos?
Acabou.
É proibido.
Embrulhar castanhas assadas em papel de jornal?
Proibido.

Trazer da terra, na estação, cerejas e morangos?
Proibido.

Usar, na mesa do restaurante, um galheteiro para o azeite e o vinagre é proibido.
Tem de ser garrafas especialmente preparadas.

Vender, no seu restaurante, produtos da sua quinta, azeite e azeitonas, alfaces e tomate, ovos e queijos, acabou.
Está proibido.

Comprar um bolo-rei com fava e brinde porque os miúdos acham graça? Acabou.
É proibido.

Ir a casa buscar duas folhas de alface, um prato de sopa e umas fatias de fiambre para servir uma refeição ligeira a um cliente apressado? Proibido.

Vender bolos, empadas, rissóis, merendas e croquetes caseiros é proibido.

cid:image002.jpg@01C83148.4C801D50
Só industriais.

É proibido ter pão congelado para uma emergência: só em arcas especiais e com fornos de descongelação especiais, aliás caríssimos.

Servir areias, biscoitos, queijinhos de amêndoa e brigadeiros feitos pela vizinha, uma excelente cozinheira que faz isto há trinta anos?
Proibido.

As regras, cujo não cumprimento leva a multas pesadas e ao encerramento do estabelecimento, são tantas que centenas de páginas não chegam para as descrever.

Nas prateleiras, diante das garrafas de Coca-Cola e de vinho tinto tem de haver etiquetas a dizer Coca-Cola e vinho tinto.

Na cozinha, tem de haver uma faca de cor diferente para cada género.

Não pode haver cruzamento de circuitos e de géneros: não se pode cortar cebola na mesma mesa em que se fazem tostas mistas.

No frigorífico, tem de haver sempre uma caixa com uma etiqueta produto não válido, mesmo que esteja vazia.

Cada vez que se corta uma fatia de fiambre ou de queijo para uma sanduíche, tem de se colar uma etiqueta e inscrever a data e a hora dessa operação.

Não se pode guardar pão para, ao fim de vários dias, fazer torradas ou açorda.

Aproveitar outras sobras para confeccionar rissóis ou croquetes? Proibido.

Flores naturais nas mesas ou no balcão?
Proibido.
Têm de ser de plástico, papel ou tecido.

Torneiras de abrir e fechar à mão, como sempre se fizeram?
Proibido.
As torneiras nas cozinhas devem ser de abrir ao pé, ao cotovelo ou com célula fotoeléctrica.

As temperaturas do ambiente, no café, têm de ser medidas duas vezes por dia e devidamente registadas.

As temperaturas dos frigoríficos e das arcas têm de ser medidas três vezes por dia, registadas em folhas especiais e assinadas pelo funcionário certificado.

Usar colheres de pau para cozinhar, tratar da sopa ou dos fritos? Proibido.
Tem de ser de plástico ou de aço.

Cortar tomate, couve, batata e outros legumes?
Sim, pode ser.
Desde que seja com facas de cores diferentes, em locais apropriados das mesas e das bancas, tendo o cuidado de fazer sempre uma etiqueta com a data e a hora do corte.

O dono do restaurante vai de vez em quando abastecer-se aos mercados e leva o seu próprio carro para transportar uns queijos, uns pacotes de leite e uns ovos?
Proibido.
Tem de ser em carros refrigerados.

Tudo isto, como é evidente, para nosso bem.
Para proteger a nossa saúde.
Para modernizar a economia.
Para apostar no futuro.
Para estarmos na linha da frente. E não tenhamos dúvidas: um dia destes, as brigadas vêm, com estas regras, fiscalizar e ordenar as nossas casas.
Para nosso bem, pois claro.


António Barreto



Um Texto Recebido Via Email enviado por Rui Rodrigues [ruyrodrygues@sapo.pt]

RegSeeker : Limpando o registro pra valer!

RegSeeker : Limpando o registro pra valer!

Recentemente li sobre esse software e logo pensei: “Hmm mais outro…

Mas a curiosidade fala sempre mais alto no Geek aqui e resolvi testar, e não to acreditando no “poderio” deste pequeno software.

Trata-se de um software gratuito criado pela HoverDesk.com que não tem install, vem em um ZIP com seus arquivos e executável que mal chega a 500k!

regseeker.jpg

Ele também tem outras funções como:

  1. Busca de itens no Registro;
  2. Lista de programas instalados;
  3. Auto Execução de programas no Boot do sistema;
  4. Tweaks para o Windows;
  5. Opção de limpeza de arquivos temporários do sistema;
  6. Gerenciamento dos Favoritos (IE);
  7. e o principal: Limpeza do Registro do Windows!

O que mais me impressionou neste software foi este detalhe que não vi em outro software de limpeza do registro:

Ele verifica seu disco local todo e só depois que ele verifica o registro do Windows. Assim ele pode ter maior precisão de quais atalhos de softwares não existe mais, estão quebrados ou extenções que não estão em uso mais por um software que ja foi desinstalado (fora a limpeza de outros itens do registro).

Software Gratuito


Clique aqui para baixar > RegSeeker



Fonte Winajuda

FeedReader 3.0 : Feeds no seu PC de forma clara e objetiva

Hoje em dia o mundo da informática temos que estar atentos as notícias e novidades constantemente. A globalização e evolução da internet fez com que muitas pessoas tivessem acesso de forma mais rápida e fácil as informações, sejam elas de política, informática, meio ambiente, econômicas ou socio-culturais.

Para facilitar o acesso á informação foi criado o Feed (RSS), que nada mais é a evolução dos antigos Newsletters, bem populares até poucos anos atrás.

E com essa propagação dos Feeds, surgiu a necessidade de leitores não só ONLINE mas também OFFLINE desses RSS. Eis que temos os FeedReader!, um software gratuito e de ótima qualidade. Também podemos utilizar ele em modo PORTABLE (ou seja, no seu pendrive).

feedreader.jpg

Com ele voc6ê pode importar e exportar seus Feeds por meio do arquivo OPML, ter avisos na sua tela de notícias novas dentre outras facilidades que ele proporciona, tudo de um jeito simples mas bem funcional.

Já que essa é a idéia: Facilitar!


Fonte WinAjuda

Amável :D

Há três coisas importantes na vida humana. A primeira é ser amável. A segunda é ser amável. A terceira é ser amável.James, Henry

quinta-feira, novembro 29, 2007

Criando Web Listener HTTP sem autenticação no ISA 2006


Criando Web Listener HTTP sem autenticação no ISA 2006

Por: Bruno César Silva

Criando Web Listener HTTP sem autenticação no ISA 2006

Publicado em: 28/11/2007

Overview

Vamos mostrar como criar um Web Listener para ouvir os pedidos HTTP da rede externa.

Solução

1. Abrir o ISA SERVER MANAGEMENT, clique em NETWORK OBJECTS

2. Clique em NEW e em seguida WEB LISTENER.

3. Em Web Listener Name, de um nome sugestivo ao Listener e clique em NEXT.

4. Como nesse exemplo vamos criar um Web Listerner para ouvir HTTP selecione "Do not require SSL secured connections with clients" e depois clique em NEXT.

5. Selecione a rede EXTERNAL para que listerner ouça os pedidos vindo dessa direção e clique em NEXT.

6. Em "Authentication Settings" selecione NO AUTHENTICATION e clique em NEXT.

7. No passo anterior desabilitamos a autenticação por isso o SSO (Single Sign On) foi desabilito, clique em NEXT.

8. Verfique se todos os passos foram seguidos e clique em FINISH.

9. Clique em APPLY para que o Web Listener seja criado.

Conclusão

Com este tutorial mostramos como criar um Web Listener sem autenticação. No proximo tutorial usaremos ele para publicar um Site num servidor interno para a rede external sem autenticação.


quarta-feira, novembro 28, 2007

Gerenciando endereçamento smtp no Exchange Server 2007 (Recipient Policies)



Gerenciando endereçamento smtp no Exchange Server 2007 (Recipient Policies)

Por: Anderson Patricio
E-mail: anderson@andersonpatricio.org

Trabalha com informática desde 1995, é consultor Microsoft em projetos de Active Directory, Exchange e ISA pela Quattuor Informática em Porto Alegre.
Certificações: MCSE +M +S 2003, MCSE +M +S 2000, MCSA +M +S 2003, MCSA +M +S 2000
Blog: http://spaces.msn.com/members/andersonpatricio/

Overview

Com o Exchange Server 2007 a figura do RUS (Recipient Update Services) desaparece e agora é de forma rápida e eficiente, quando criamos uma mailbox ela recebe a policie pré-definida para a mesma e permite automaticamente que o usuário já acesse as caixas sem precisar ficar esperando sincronização entre Exchange e Active Directory.

Vamos mostrar neste tutorial como alteramos a Default Policie existente para um novo endereçamento SMTP, sempre lembrando que para adicionar um novo SMTP devemos criar previamente adicionando na guia Accepted Domains.

Solução

O gerenciamento da E-mail Address Policies, é simples, precisamos a partir do Exchange Management Console, efetuar os seguintes passos:

1. Abrir o Exchange Management Console
2. Expandir Organization Configuration
3. Clicar em Hub Transport
4. Clicar na guia E-mail Address Policies
5. Clicar na Default Policy e na Toolbox Actions em Edit.

6. Introduction. Tela inicial da policy existente, como estamos mexendo na Default Policy e sim editando, devemos clicar em Next.

7. Conditions. Na Default Policy as conditions não são editáveis, devemos clicar em Next

8. E-mail Address. É aqui que podemos adicionar ou editar e-mails existentes, sendo que para adicionarmos já devemos ter criado o mesmo previante na guia Accepted Domains na mesma regra de Transport Rule. Em nosso exemplo vamos adicionar mais um SMTP, então devemos clicar em Add

9. SMTP E-mail Address. Devemos marcar como será o e-mail, ao contrário do Exchange 2003 que tínhamos que saber as variáveis para compormos o e-mail no Exchange Server 2007 nos é apresentado em forma de lista e abaixo em E-mail address domain, podemos escolher entre os já existentes. Em nosso exemplo definimos que todos usuários terão o seguinte e-mail: nome.sobrenome@andersonpatricio.org, feito a escolha devemos clicar em OK.



10. E-mail Address. Agora o novo e-mail que acabamos de configurar já está preparado para ser adicionado em todos usuários, mas para tanto devemos clicar em Next.

11. Schedule. Quando desejamos rodar esta modificação em nosso caso vamos clicar Immediately com isto todos os usuários que estejam na Default Policy receberão um e-mail secundário chamado @andersonpatricio.org utilizando o nome mais o sobrenome, devemos clicar em Next

12. Edit E-mail Address Policy. Nos será informado o que será alterado, devemos clicar em Edit.

13. Completion. Tela final do assistente informando que o cmdlet Set-EmailAddressPolciy foi executado com sucesso, devemos clicar em Finish.

Verificando a aplicação da Policy

Podemos ir imediatamente ver os usuários afetados pela policy e pedir propriedades na guia E-mail Address a alteração já pode ser vista, conforme a figura abaixo:

Conclusão

Com este tutorial mostramos como alterar a Policy padrão para mudar o endereção smtp de uma organização Exchange, verificando que agora o RUS não é mais utilizado no Exchange Server 2007.

LinkWithin

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin