segunda-feira, março 24, 2014

SIP

SESSION INITIATION PROTOCOL (SIP)
•    SIP foi desenvolvido no IETF (RFC 3261).
•    É um protocolo de sinalização multimédia, também usado para VoIP.
•    É uma alternativa a H.323.
•    É mais flexível e mais simples.
•    É mais adequado para o suporte de dispositivos inteligentes.
•    Os testes de interoperabilidade de produtos são feitos por vários fabricantes durante eventos SIPit (SIP Interoperability Tests).
•    Dezenas de fabricantes participam anualmente nestes testes.
 •    SIP pressupõe que a voz é transmitida sobre RTP.
•    De um modo semelhante a H.323, a sinalização é separada do transporte de voz.
•    Como protocolo de sinalização, estabelece, modifica e quebra sessões multimédia.




VoIP

•    SIP pode correr sobre UDP ou TCP.
•    SIP é um protocolo cliente-servidor.
Cliente é o originador da chamada e o servidor é quem recebe a chamada. Clientes e servidores podem estar na mesma plataforma.
•    Podem existir proxies, que actuam como clientes e servidores.
•    Existem quatro tipos de servidores:

-    Servidor proxy
-    Servidor de redireccionamento
-    Servidor agente do utilizador
-    Servidor de registo.
Servidor Proxy
•    Gere pedidos ou envia pedidos a outros servidores.
•    Pode ser usado para reenvio de chamadas.
Servidor de redireccionamento
•    Mapeia o endereço de destino para zero ou mais endereços.
•    Não inicia nenhum pedido SIP.

Servidor agente de utilizador
•    Aceita pedidos SIP e contacta o utilizador.
•    O utilizador responde (SIP response)
•    Está integrado num dispositivo SIP. Por exemplo, um telefone SIP.
Servidor de registo
•    Aceita pedidos de registo SIP, indicando que o utilizador está num determinado endereço.
•    É tipicamente combinado com um servidor proxy ou de redireccionamento.
• O estabelecimento de uma chamada SIP envolve as seguintes mensagens:
Vantagens de SIP
•    Tenta manter a sinalização tão simples quanto possível.
•    Oferece um alto grau de flexibilidade.
•    Inclui um número de campos opcionais nas mensagens. Estes campos opcionais podem transportar informação específica dos utilizadores para o contexto em questão.
•    O utilizador tem controlo da chamada, sem precisar de assinar serviços específicos para as chamadas.


Fonte http://neerci.ist.utl.pt/~neerci.daemon/neerci_shelf/LERC/3%20Ano/1%20Semestre/Arquitectura%20de%20Redes/Antiga%20RIC/Teoricas%20e%20Resumos/2011%20-%202012/11e.%20VoIP%20SIP.pdf

Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin