quinta-feira, outubro 03, 2013

O que significa o GH?

O GH significa a General Hardness (ou a dureza total) e diz respeito à concentração de iões de magnésio e de cálcio. Existem outros iões que podem contribuir para a dureza da água mas são geralmente insignificantes e difíceis de medir. Quando dizemos que uma determinada água é “macia” ou “dura”, estamos a falar sobre o GH, não sobre o KH. Ao contrário do KH, o GH não afecta directamente o pH embora a água “dura” seja geralmente alcalina devido a alguma interacção entre o GH e o KH.

O KH refere-se à alcalinidade da água, ou se preferir, à capacidade de buffering da água. O KH é frequentemente reconhecido como um tipo de dureza. Isto porque o KH deriva principalmente dos iões do carbonato e do bicarbonato. Esta forma de dureza é chamada também “dureza do carbonato” ou “dureza temporária” porque pode ser precipitado e removido fervendo a água. Esta é a razão pela qual se forma calcário nas chaleiras e nos chuveiros.

Mas, há também um outro tipo de dureza, que não é removida pela fervura. Este tipo de dureza não afecta o buffering, mas pode afectar os valores de pH. É a chamada “dureza permanente”.

A dureza total (GH) é a soma do KH e da dureza permanente. E isto leva-nos a um segundo aspecto. Já alguma vez reparou que os valores do GH e do KH são frequentemente muito próximos? Provavelmente já terá reparado, e este fenómeno acontece porque os carbonatos geralmente são predominantes (os carbonatos estão relacionados com o KH), e a dureza permanente é geralmente pequena. Isto significa que o GH normalmente é condicionado pelo KH, uma vez que a dureza permanente, na maior parte dos casos, é muito baixa.

Em resumo, quando falamos de KH, falamos de iões de carbonato e de bicarbonato, e quando falamos de GH, falamos de iões de magnésio e de cálcio. O facto de, na maior parte dos casos, ambos estarem tão próximos um do outro explica-se porque normalmente a maior parte da dureza é dada sob a forma de carbonatos de cálcio e de magnésio.

Em geral, a água dura tem uma boa capacidade de buffering, ao passo que a água macia tem uma capacidade menor de buffering.

Contudo, por causa das variações na composição da água, devemos estar cientes que é possível ter uma água dura com uma baixa capacidade de buffering (água onde a dureza permanente predomina), ou então ter uma água macia que tem uma boa capacidade de buffering (água com níveis elevados de carbonato de sódio ou de carbonato de potássio, em vez de carbonato de cálcio ou de magnésio).

Eles podem interagir, mas são diferentes. Se quiser saber mais sobre este assunto, podemos dizer que, embora diferentes, por vezes o GH e o KH podem ser afectados da mesma forma e ao mesmo tempo. Vamos tomar como exemplo o carbonato de cálcio (CaCO3). Pode encontrar-se carbonato de cálcio na pedra calcária, e muitas vezes a água passa por aquíferos de pedra calcária. Quando isto acontece, o carbonato de cálcio dissolve-se na água, aumentando quer o GH, quer o KH. O aumento no GH irá dever-se ao cálcio (CA), e o aumento no KH irá dever-se ao carbonato (CO3).

Portanto, embora diferentes, algumas substâncias, quando adicionadas à água, podem afectar ambos os indicadores. Se quiser alterar o GH certifique-se que não afecta KH e vice-versa. Recorde que o KH, ou a alcalinidade, determina a capacidade de buffering, ou a capacidade de manter estável o pH, evitando quedas repentinas. Se mudar o GH e acidentalmente alterar o KH, a estabilidade do pH pode estar seriamente comprometida.

Por que é que o GH é importante?

Um GH incorrecto pode perturbar a transferência dos nutrientes e das excreções através das membranas das células, afectando assim a fertilidade e o funcionamento dos órgãos internos. Embora a maioria dos peixes e plantas de água doce tenham a capacidade de se adaptarem ao GH, se este alcançar níveis fora dos limites para a espécie no aquário, a capacidade reprodutiva pode diminuir consideravelmente.

Naturalmente que, se as mudanças do GH forem repentinas e/ou consideráveis, ou o valor do GH estiver absolutamente fora dos limites para as espécies, os organismos vivos como peixes, plantas ou os invertebrados, poderão não resistir e morrer.

Como medir o GH?

A maioria dos testes à venda no mercado medem o GH em graus de dureza alemães (dGH). Tal como acontece com o KH, 1 dGH = 17,86 ppm (partes por milhão). Se quiser converter dGH em ppm basta multiplicar por 17,86. Se quiser converter ppm em dGH basta dividir por 17,86.

Após ter lido os resultados de teste, a seguinte tabela dar-lhe-á uma ideia da dureza da água:


Como mudar o GH da água do aquário?

Se quiser baixar o valor do GH, tem diversas formas de o fazer:
  • Adicionar o turfa ao filtro;
  • Produtos à venda nas lojas da especialidade (que removem os iões de cálcio e de magnésio substituindo-os por iões de sódio). Note que muitos aquariófilos consideram este método inaceitável, já que muitos peixes que preferem água macia, também não se dão bem com o sódio;
  • Misturar água da torneira com água de osmose inversa.
Se quiser elevar o GH, pode fazer o seguinte:
  • Adicionar pedra calcária ao aquário (isto aumentará também o KH que por sua vez aumentará o pH);
  • Adicionar carbonato de cálcio, que elevará quer o GH quer o KH.
Deverá monitorizar sempre de muito perto todo o processo de alteração do GH, sobretudo se o estiver a tentar diminuir. Certifique-se que não diminui a alcalinidade, ou pode perder a capacidade de buffering, e consequentemente, o pH tornar-se-á muito instável.

Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin