sexta-feira, abril 12, 2013

Google Enfrenta a Morte dos Utilizadores


Poderá não ser assunto que se goste de discutir mas, mais cedo ou mais tarde, lá chega o dia em que todos farão a fatídica pergunta: "E quando eu morrer? O que acontecerá aos meus emails, passwords, etc?" Há muitos serviços que tentam solucionar esse problema, das mais variadas formas, mas... são sempre assuntos sensíveis: estarão mesmo dispostos a confiar toda a vossa vida digital a algum serviço "estranho"? No que diz respeito ao Google, a coisa parece agora ficar resolvida através deste suavizado Inactive Account Manager (Gestor de Contas Inactivas).


A ideia é simples: podem definir um período de tempo (3, 6, 9, ou 12 meses) ao fim do qual a vossa conta do Google é considerada "inactiva". Ao fim desse tempo, será enviado um email automático para as pessoas de confiança que definirem, e às quais poderão dar acesso ao vossos dados de forma selectiva. Por exemplo, poderão dar acesso às vossas fotos no picasa a alguém da família; as informações do Blogger a um amigo; etc.

Os dados que podem partilhar postumamente são: +1s, Blogger, Contactos, Drive, G+ Circles, G+ Stream, Latitude, Mail, Pages, Picasa Web Albums, Profile, Reader (este vai morrer primeiro que nós - digo eu), Voice, e YouTube. A partir do momento de inactividade programada, os vossos contactos de confiança terão 3 meses para fazer download dos mesmos e... fazer o que quiserem fazer com eles (como já não estarão por cá para se chatear com isso, não stressem muito).

Para além disso, podem também definir um email automático de resposta a todos os que vos tentarem contactar no período de inactividade (para todas as pessoas, ou só às que constarem na vossa lista de contactos).

De qualquer forma, não se esqueçam que antes disto acontecer, o Google tentará entrar em contacto convosco, através do telemóvel e também por um email alternativo, para garantir que a conta não está inactiva apenas por distracção - e de modo a que possam adiar a "inactividade" até que seja mesmo definitiva.


É bom ver o Google a dar uma solução a este tipo de situações, que têm que ser encaradas - e cada vez mais, à medida que a geração tecnológica que assistiu à democratização e crescimento exponencial da Internet vai envelhecendo - e esperemos que muitos outros serviços comecem a seguir este exemplo.


Não sei se o Google ainda por cá estará no tempo em que nós nos formos... mas caso sejamos nós a irmos antes dele, ao menos temos a possibilidade de passar o testemunho deste nosso legado digital.

[via Google]

Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin