terça-feira, julho 06, 2010

Banda larga convertida em direito civil

Na última quinta-feira foi aprovado um decreto-lei que converte o acesso à Internet banda larga em um direito constitucional para todos os cidadãos…

… na Finlândia.

Há um bom tempo um dos países já mais conectados do mundo, o país escandinavo torna-se com esta lei, anunciada faz algum tempo e agora efectivada, a primeira nação a converter o acesso à rede mundial em um direito civil.

A lei obriga os provedores do país a fornecer conexão broadband a preços populares e com uma taxa de downstream de no mínimo 1 mbps em cada residência ou escritório permanente do país.

“De agora em diante, uma conexão de banda larga a preços módicos passa a ser um direito básico ao cidadão Finlandês” confirma o ministro das comunicações Suvi Linden, tornando o acesso à rede em mais um dos commodities de comunicação do país (como a telefonia fixa/móvel e os serviços postais) e em plena conformidade com o FICORA (Autoridade Regulatória de Comunicações Finlandesas).

A FICORA diz já ter atribuído a 26 companhias de telecomunicações do país a tarefa de fornecer o acesso. Com uma taxa mensal de 30-40 Euros, o país espera aumentar ainda mais a incrível taxa actual de acesso de 95% da população.

Fonte: CNN.

Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin