quinta-feira, setembro 27, 2012

Preparando um 4x4 para expedições

Preparando um 4x4 para expedições

Tema:Off-Road
Autor: Tito Rosemberg
Data: 2/1/2008


Off-road - Deve-se antes de mais nada fazer uma profunda revisão de toda a parte mecânica e elétrica<br>Foto: Vivi Nale/ Equipe 360 Graus

Deve-se antes de mais nada fazer uma profunda revisão de toda a parte mecânica e elétrica
Foto: Vivi Nale/ Equipe 360 Graus



Off-road - Dois faróis extras, de longo alcance, são também fundamentais<br>Foto: Vivi Nale/ Equipe 360 Graus

Dois faróis extras, de longo alcance, são também fundamentais
Foto: Vivi Nale/ Equipe 360 Graus



Off-road - Um kit de resgate deve sempre estar à mão para uso com o guincho<br>Foto: Warn/Auto4 USA

Um kit de resgate deve sempre estar à mão para uso com o guincho
Foto: Warn/Auto4 USA



Off-road - Guincho montado em um Land Rover, preparado para qualquer desafio off-road<br>Foto: Técnica 4x4

Guincho montado em um Land Rover, preparado para qualquer desafio off-road
Foto: Técnica 4x4



Off-road - Resgate com apoio de guincho<br>Foto: Técnica 4x4

Resgate com apoio de guincho
Foto: Técnica 4x4



Off-road - <br>Foto: Vinícius Amaro


Foto: Vinícius Amaro


Ainda que seja verdade que algumas vezes expedições montadas improvisadamente tenham dado certo, só a existência das possibilidades de fracasso deveriam ser motivo suficiente para que o viajante faça uma cuidadosa preparação do veículo a ser usado.

Um 4x4 novo tem muitas vezes menos chance de sofrer pane mecânica do que um velho, mesmo se bem conservado, já que a fadiga das peças torna quase impossível trocar todas que possam apresentar problemas. Assim, iniciando com um veículo aparentemente em bom estado, deve-se antes de mais nada fazer uma profunda revisão de toda a parte mecânica e elétrica.

Para esta revisão completa pode-se usar um concessionário autorizado de confiança, mas somente naqueles em que se tenha fé nos mecânicos individualmente, coisa nada fácil nestes tempos de oficinas “fechadas” aos clientes. Pode-se também escolher uma oficina independente de sua confiança, desde que o chefe da oficina consiga entender o esforço que o veículo sofrerá durante o trajeto.

Um bom estoque de peças de reposição deve ser levado à bordo, e os chefes de oficina e encarregados dos almoxarifados de peças (que sabem quais quebram mais facilmente) podem dar ótimos conselhos para o modelo do seu 4x4.

Até alguns anos atrás a histórica fábrica do Land Rover na Inglaterra oferecia listas para um bom kit de socorro para expedições, levando em conta a distância a ser percorrida e o tipo de terreno enfrentado. Haviam “kits” para 50 mil km ou 100 mil km que foram montados baseados nas principais ocorrências mecânicas das expedições montadas nos últimos anos com patrocínio da fábrica.

Depois, com o mercado mais selvagem que se criou nos últimos tempos depois dos japoneses entrarem para valer na briga pelo cliente 4x4, deve ter ocorrido aos “marketeiros” das fábricas que estas listas poderiam dar a impressão de que os veículos eram fracos e de que todas aquelas possíveis panes realmente ocorreriam.

Nunca mais ouvi falar destas excelentes listas, mesmo sabendo que a maioria das peças que os viajantes levavam jamais foram utilizadas.
Nesta reportagem:» Preparando um 4x4 para expedições
» Preparando um 4x4 para expedições - Acessórios
» Preparando um 4x4 para expedições - Barraca e outros equipamentos

Redação 360

© Copyright 1998 - 2007 - 360 GRAUS MULTIMÍDIA
Proibida a reprodução integral ou parcial, para uso comercial, editorial ou republicação na internet, sem autorização MESMO QUE CITADA A FONTE - (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98). Todos os direitos reservados.



-->



Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin