sexta-feira, novembro 06, 2009

O que é a CADES.

O que é a CADES ...

Cades também conhecida como Cades Barnéia, era uma cidade da antiga Israel

Cades Barneia

Raiz Hebraica que significa “Consagrado”

O povo estava no limiar de possuir a terra prometida. Os dias de vaguear pelo deserto estavam a chegar ao fim.

Cades-Barneia foi o lugar onde:

· Quedorlaomer derrotou os chefes dos amorreus, Gn 14:7

· Onde o anjo se encontrou com Hagar, Gn 16:14

· De onde Moisés enviou os espias, Nm 13:3

· Onde morreu Miriam e foi sepultada, Nm 20:1

· Onde o povo murmurou, Nm 20:3

· Onde Moisés feriu a rocha, Nm 20:11

· Onde os israelitas acamparam muitos dias, Dt.1:46

I. Cades Barneia é o lugar onde muitos cristãos estão.

Quase, quase a sair do deserto mas a vacilar nas promessas de Deus.

Conhecedores das profecias mas incrédulos se

Quem foi que deu instruções para mandar espias à terra prometida? Para quê mais este impasse se a promessa era:

Deuteronómio 1:8 “Eis que tenho posto esta terra diante de vós; entrai e possuí a terra que o Senhor prometeu com juramento dar a vossos pais, Abraão, Isaque, e Jacó, a eles e à sua descendência depois deles.”

No verso 22 o povo sugere a Moisés que espiem a terra, o que lhe pareceu bem e depois temos mais um relato que serve para atrasar aquilo que Deus tinha prometido…

Deuteronómio 1:22 Então todos vós vos chegastes a mim, e dissestes: Mandemos homens adiante de nós, para que nos espiem a terra e, de volta, nos ensinem o caminho pelo qual devemos subir, e as cidades a que devemos ir.

40 anos no deserto a serem dirigidos por Deus agora precisavam de espias para verificar o caminho….

Quando a bênção está próxima Deus deixa de ser preciso.

10 espias trazem um relatório de incredulidade, gigantes, dificuldades e impossibilidades. Tudo perca de tempo porque a promessa manteve-se inalterável.

Muitos de nós estamos a perder tempo…

Deus tirou-nos do Egipto. Agora precisamos de obedecer para sair do deserto.

Cades Barneia é um lugar perigoso para se estar.

* Não dá para voltar para trás porque a jornada já foi demasiado longa.
* Não se consegue avançar porque os desafios agora são imensos.

Satanás irá querer dizer que as muralhas são altas demais.

II. A incredulidade de Israel é a mesma da Igreja de hoje.

Hebreus 4:2 “A palavra que ouviram nada lhes aproveitou, visto não ter sido acompanhada pela fé”

A dúvida vinha sempre ao de cima: "Está o Senhor no meio de nós ou não?" Êxodo 17:7

Os discípulos de Jesus: Quando Jesus se ausentou por um pouco voltaram para a pesca…

A Igreja de hoje precisa de reconhecer que o Senhor está no meio do seu povo!

III. A incredulidade impede a bênção

Jesus não fez muitos milagres na sua própria terra por causa da incredulidade do povo. Mateus 13:58

Estamos a viver dias onde debaixo dos nossos olhos a palavra de Deus se está a cumprir e no entanto não vemos mais milagres simplesmente porque não cremos!

* O Espírito Santo está sobre a Igreja como nunca antes, e não o absorvemos;
* À mais promessas cumpridas do que nos dias de Jesus, e não temos mais, que os próprios fariseus naqueles dias;
* Pestes, fome, guerras, tremores de terra, catástrofes;
* Israel sendo restaurado;
* O governo mundial a ser estabelecido.

Abraão tinha que ser mesmo considerado um grande herói da fé. Não tinha nada para ver, acreditou apenas na promessa:

Romanos 4:20-22 “…contudo, à vista da promessa de Deus, não vacilou por incredulidade, antes foi fortalecido na fé, dando glória a Deus, e estando certíssimo de que o que Deus tinha prometido, também era poderoso para o fazer.

Lucas 18:8 “Digo-vos que depressa lhes fará justiça. Contudo quando vier o Filho do homem, porventura achará fé na terra?”

Fonte www.conquistadores.com.pt

Será que sabiam ? :D :) Dá que pensar...

Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin